O bem-estar do indivíduo é o objetivo!

Orientações

As orientações na área de Fonoaudiologia favorecem a melhora do quadro de uma patologia já instalada com o mesmo poder que minimiza a probabilidade do desenvolvimento de uma alteração.

Em crianças em desenvolvimento de fala e linguagem é importante ter a participação dos pais ou responsáveis, na qual o adulto deve estar com a criança e realizar junto com ela atividades organizadas e com objetivo, este momento deve ocorrer todos os dias, no qual o adulto dedicar-se-á exclusivamente à criança; as atividades podem ser variadas, desde uma brincadeira com bola até uma contagem de história, priorizando a interação entre criança e adulto.

Conforme idade da criança a atenção e as atividades se modificam e vão se tornando cada vez mais acadêmicas a partir da alfabetização, nesta fase os pais devem estar atentos ao desempenho escolar e social da criança, consultando com freqüência o material de leitura e escrita da criança e abrindo um canal de comunicação com a escola.
Este acompanhamento escolar deve ser feito até a adolescência, fase na qual desenvolvemos preferências e interesses de maneira mais definida.

Outra fase de cuidado é a velhice, no qual o idoso passa a ser assistido por familiares e, do ponto de vista fonoaudiologico, a atuação está muito ligada ao acompanhamento médico deste paciente, no entanto atitudes como interar o idoso do que acontece, ter atenção ao que este tem a dizer e dar importância à sua opinião podem reduzir a probabilidade de desenvolvimento de patologias de linguagem; evitar deixar o idoso sempre no mesmo ambiente e realizando as mesmas atividades é ideal para estimular a linguagem e memória; passear, ouvir musica, ler e conversar com outras pessoas são atitudes simples, mas que estimulam muito a cognição (atenção, memória e raciocínio).

ENTRE EM CONTATO (11) 9.9732-6845 Cadastre-se e receba novidades